Notícias Recentes

Reunião aberta à Comunida...

"A Caminho" - Caminhada P...

"A Caminho" - Caminhada Q...

Consignação de 0,5€ do IR...

Almoço convívio de S. Mar...

Links

Arquivo

Julho 2014

Maio 2014

Março 2014

Outubro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Tags

"1000 visitas"

"arte sacra"

"corpo de deus"

"dia da mãe"

"festival jota"

"fieis defuntos"

"grupo coral"

"grupo de jovens"

"mês de maria"

"missão jubilar"

"semana santa"

"todos os santos"

"visita pascal"

advento

ajudar

almoço

angariação

ano sacerdotal

anúncios

baptismos

bodas de prata

bodas prata

caminhada

catequese

comunhão

comunidade

concertos

consignação

crisma

cristo rei

cursistas

d. ximenes belo

dmj

dúvidas

esclarecimento

eucaristias

fundos

igreja

ima

instalações

irs

magusto

missões

natal

oração

papa

paróquia

pascoa

quaresma

reflexões

reunião

rifas

rubricas

seminarios

solidariedade

via sacra

visita pascal

vocações

todas as tags




Quinta-feira, 25 de Outubro de 2012

Oração Taizé


Dia 2 de Novembro, Sexta-Feira

21h30m

Igreja Matriz de Valongo do Vouga

Grupo de Jovens IrAté

 
Tags:

publicado por paroquiavalongovouga às 23:26

link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 23 de Outubro de 2012

Colocação das Tarjas da Missão Jubilar

 

  
  

 

 
  

publicado por paroquiavalongovouga às 22:09

link do post | comentar | favorito

Domingo, 21 de Outubro de 2012

86º Dia Mundial Missionário

 
Tags:

publicado por paroquiavalongovouga às 21:30

link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 15 de Outubro de 2012

Descobrir Deus

   Estudar filosofia é deixar que nos revelem o impacto que uma mão cheia de homens e os seus pensamentos tem na maneira como vivemos, encaramos a vida e somos, é um tirar chão debaixo dos pés. Pequenas descobertas, pequenas certezas, pequenas ideias, foram tidas, mantidas e desmentidas milhares de anos antes de ser chamado à existência, e até as mais mirabolantes intuições já contam muito tempo. É um espanto. Problemas que eram e ainda são, que ganham e perdem peso através da narração.


   Podemos ver o ser descobrir-se só mirando o ente infinito, conquistando-o perante e em cada coisa, o ente finito ora em crise por descobrir Deus, ora posto em crise ao distanciar-se de Deus, e o repouso. A procura do contínuo permanente, a busca do que é de verdade, do que fica, a luta com a própria solidão do ser que em si existe só. Depende de uma deliberada decisão de perseguir outra coisa, actividade que tendo repercussões externas é intrínseca, é busca interior. O reconhecer-se como ser-criado e não ocasionado, o constatar a criação como emanação, faz com que as montanhas em que nos movemos se tornem profundamente diferentes.

   Dois espantos diferentes: um perante tudo o que se mexe e se vai revelando à medida que o pensamento o encontra e o desvenda; outro perante Alguém, que lhe dá sentido ao mesmo tempo que o interroga, que vai revelando à medida que vamos questionando, um saber que se conquista mas que é também dom.

AG


publicado por paroquiavalongovouga às 21:54

link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 1 de Outubro de 2012

O Que é a Fé

   A fé é a ( hypostasis) substância das coisas que se esperam (Hb 10);

 

   A fé é prova das coisas que não se vêem (Hb 10).

 

   A fé é uma predisposição constante do espírito, em virtude da qual a vida eterna tem início em nós e a razão é levada a consentir naquilo que não vê (Tomás de Aquino).

 

   O conceito de «substância» é modificado para significar que pela fé, que poderíamos dizer «em gérmen», «em embrião»,  «em substância», já estão presentes em nós as coisas que se esperam: a totalidade, a vida verdadeira. E precisamente porque a coisa em si já está presente, esta presença daquilo que há-de vir cria também certeza: esta « coisa » que deve vir ainda não é visível no mundo externo (não « aparece »), mas pelo facto de a trazermos, como realidade incoativa (Que dá ou origina um começo. = INICIAL) e dinâmica dentro de nós, surge já agora uma certa percepção dela. No século XX, na Alemanha a exegese católica interpretou a fé como: permanecer firmes naquilo que se espera, estar convencidos daquilo que não se vê.

 

   A fé não é só uma inclinação da pessoa para realidades que hão-de vir, mas estão ainda totalmente ausentes; ela dá-nos algo. Dá-nos já agora algo da realidade esperada, e esta realidade presente constitui para nós uma « prova » das coisas que ainda não se vêem. Ela atrai o futuro para dentro do presente, de modo que aquele já não é o puro « ainda-não ».

 

   Carta aos Hebreus versículo 34 temos a definição de uma fé que é acompanhada de esperança e a prepara. No texto, o autor fala aos crentes que viveram a experiência da perseguição, dizendo-lhes: « Não só vos compadecestes dos encarcerados, mas aceitastes com alegria a confiscação dos vossos bens (propriedades – substância da qual se necessita para viver) sabendo que possuís uma riqueza melhor e imperecível ».

 

   Não é possível deixar de ver a ligação existente entre estas duas espécies de « substância », entre a sustentação ou base material e a afirmação da fé como « base », como « substância » que permanece. A fé confere à vida uma nova base, um novo fundamento, sobre o qual o homem se pode apoiar, e consequentemente, o fundamento habitual, ou seja a confiança na riqueza material, relativiza-se. Cria-se uma nova liberdade. Esta nova liberdade ficou patente no martírio, quando as pessoas se opuseram à prepotência da ideologia e dos seus órgãos políticos e, com a sua morte, renovaram o mundo. Mas não é só no martírio... Aquela manifestou-se sobretudo nas grandes renúncias a começar dos monges da antiguidade até Francisco de Assis e às pessoas do nosso tempo que, nos Institutos e Movimentos religiosos actuais, deixaram tudo para levar aos homens a fé e o amor de Cristo, para ajudar as pessoas que sofrem no corpo e na alma.

 

   Ficou demonstrado que esta nova vida possui realmente « substância » e é « substância » que suscita vida para os outros. Para nós, a promessa de Cristo não é uma realidade apenas esperada, mas uma verdadeira presença: Ele é realmente o « filósofo » e o « pastor » que nos indica o que seja e onde está a vida.

 

   Irmãos, temos ampla confiança de podermos entrar no santuário eterno em virtude do sangue de Jesus,  pelo caminho novo e vivo que nos abriu através do véu, isto é, de sua carne (Hb 10, 19-20)

 

AG


publicado por paroquiavalongovouga às 21:21

link do post | comentar | favorito

Número de Visitas
Louisiana Jones Act
Louisiana Jones Act Counter
(de 28-01-2008 até agora)

counter

Contactos



Procurar

 
Hino da Missão Jubilar




Veja aqui imagens em directo da Capelinha das Aparições - Fátima

Contactos da Fábrica da Igreja